Mercado Da Saúde: uma análise da oferta e demanda

Keli Bahia Felicíssimo Zocratto

Resumo


O setor saúde apresenta peculiaridades que interferem em fenômenos econômicos como a oferta e a demanda por serviços. O mercado em saúde no Brasil pode ser considerado misto, com a atuação tanto do setor público, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), quanto privado, por meio do desembolso direto e planos e seguros de saúde. A estrutura organizativa desse mercado aumenta a complexidade do gerenciamento do sistema público de saúde uma vez a Constituição Federal de 1988 estabeleceu princípios organizativos como a universalidade, a integralidade e a equidade que devem ser aplicados. Dessa forma, o presente estudo tem o objetivo de descrever sobre o comportamento da oferta e da demanda dos serviços de saúde frente as peculiaridades que o setor apresenta. Desenvolveu-se uma revisão de literatura a respeito do tema a partir da busca de artigos científicos em bases de dados da área da saúde e de setores da economia. Concluiu-se que a assimetria presente no setor saúde em relação a oferta e demanda é influenciada pela imprevisibilidade da ocorrência do evento relacionado à saúde, pela concentração de conhecimentos pelos profissionais, pelo risco próprio inerente ao setor de saúde, pela presença de um mercado caracterizado pela discriminação do preço do serviço ofertado.

Palavras-chaves: oferta; demanda; economia; saúde


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Associação Mineira de Direito e Economia - www.amde.org.br

ISSN 2175-5590